Lista das Possibilidades...


A mensagem de hoje foi no sentido da Prosperidade e Abundância, e conversa vai, conversa vem... Falando no assunto acabei por falar em crenças e como elas são memórias e ensinamentos que nos ficam gravados internamente na nossa criança interior. Muitas vezes a nível consciente não achamos que as temos, mas se fizermos uma avaliação interior, e fazendo as perguntas certas acabamos por perceber que inconscientemente elas estão lá, e que na maioria das vezes elas são "herdadas" dos nossos pais ou cuidadores.


Quantas vezes já deste por ti a repetir as mesmas coisas aos teus filhos, que os teus pais também te diziam? Eu dou-me conta disto várias vezes! No que respeita às crenças associadas à parte financeira é quase diário. Estamos, sem nos aperceber, a criar crenças nos nossos filhos.


Filhos:

- Mãe, o João tem aquele jogo novo que acabou de sair, posso ter também?


Nós:

- Agora não dá.

- Ainda não recebi.

- Não podes ter tudo o que os outros têm.

- Pensas que somos ricos?

- etc


Basta levares os teus pequenos às compras, e contares as vezes que dizes não, e como o dizes, para realizares como essas tuas crenças são passadas para eles.


Então, em meditação surgiu-me a ideia da Lista das Possibilidades. Arranja uma agenda pequena para o/os teus filhos. Ou um papel e coloca num sítio onde todos tenham acesso. Sempre que eles te pedirem algo, em vez de usares as frases da praxe acima descritas, diz-lhes que escrevam na lista das possibilidades. Assim não estás a dizer que não é possível. Estás a ensinar-lhes que tudo é possível.


Como são crianças, vão sempre também colocar coisas na lista que estão ao teu alcance de realizar, e vais-lhe dando uma ou outra coisa sem que eles te peçam. Isto também lhes ensina a confiar e a acreditar que o universo nos dá no momento certo.


Na altura do Natal ou aniversário usa pelo menos uma das "dicas" dos teus filhos para o presente idéal.

Este "exercício" serve para os dois lados. De um lado não estás a criar crenças limitantes neles, e por outro tu também não repetes as mesmas frases, logo deixas de dar energia às tuas crenças.


Eu vou colocar em prática, e se também achas uma boa ideia, gostava de saber como correu, e qual a reacção dos teus filhos a esta nova abordagem!


Com Amor,

Vera


38 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

PERDOA-TE!